Notícias

Empresa gaúcha que é referência no mercado de tiro esportivo completa 130 anos

Rossi foi fundada em setembro de 1889, em Caxias do Sul, na serra gaúcha.

Criada no mesmo ano da Proclamação da República, a Amadeo Rossi, hoje Rossi Airguns Airsoft, completou 130 anos de história, um marco alcançado por poucas empresas brasileiras. É ainda mais raro se levarmos em conta empreendimentos familiares como a Rossi, que está sob os cuidados da mesma família desde sua criação. Hoje, com a idade da República Brasileira, é referência no mercado de esporte e lazer e a maior importadora de produtos de tiro esportivo do país.

Esta reputação não surgiu do dia para a noite. Ela foi construída ao longo de mais de um século de dedicação e trabalho duro, envolvendo muitas mudanças e adequações ao negócio e à sociedade.

Tudo começou em 1881, quando Amadeo Rossi, um metalúrgico italiano, desembarcou no Brasil, estabelecendo-se no Rio Grande do Sul, berço da imigração italiana no país. Oito anos depois, no dia 23 de setembro de 1889, pouco menos de dois meses antes de o país mudar de regime no Rio de Janeiro, Amadeo fundava, em Caxias do Sul, onde vivia, uma empresa para produzir utensílios domésticos, artigos de montaria e instrumentos agrícolas, a Amadeo Rossi e Cia.

Sem prever o tamanho do empreendimento que acabariam por ter, em 1918, ainda durante a República Velha, Rossi e seus filhos mais velhos passaram a produzir espoletas para cartuchos de caça, decisão que mudaria completamente o destino da pequena fábrica.

Com a mudança de segmento, a empresa continuou crescendo, até o ponto em que não havia mais condições de permanecer em Caxias do Sul. Assim, em 1937, durante a instauração do Estado Novo por Getúlio Vargas, a fábrica se muda para São Leopoldo, buscando melhores condições de logística e fornecimento de energia elétrica.

Em 1943, em meio à Segunda Guerra, a Rossi foi declarada indústria de interesse nacional, passando a fabricar armas de fogo como espingardas, rifles, carabinas, revólveres e pistolas. Nesta nova atividade, a companhia começa a ser reconhecida pela linha de produção de armas e munição, entrando, também, no mercado exterior.

A indústria exportava para mais de 70 países diferentes, sendo o principal deles os EUA. Em 1994, recebeu o prêmio de Melhor Linha de Revólveres no Mercado Norte-Americano. Dessa forma, manteve o prestígio e continuou escrevendo a sua história, até que no ano de 2007, próximo ao seu 120º aniversário, a empresa se distanciou das armas de fogo para focar um novo tipo de operação, a fabricação de armas de ar comprimido, relacionadas ao esporte e lazer.

De exportadora, a empresa passou a ser importadora, trazendo e distribuindo para todo o país produtos e acessórios para a prática do tiro esportivo. O foco mudou, mas o nome Amadeo Rossi continua sendo referência comercial e atendendo todo o território nacional.

Fonte: RBS

Última modificação em Segunda, 25 Novembro 2019 20:06

Posts Recentes

Nosso objetivo é difundir através de provas e competições, a prática do tiro entre os sócios dos clubes organizadores do evento, clubes co-irmãos, órgãos de imprensa e simpatizantes do esporte.

Search